Fusão de bancos locais de Tóquio pode encorajar consolidações

quinta-feira, 10 de outubro de 2013 10:53 BRT
 

TÓQUIO, 10 Out (Reuters) - Duas instituições financeiras locais com sede em Tóquio confirmaram planos nesta quinta-feira para uma fusão, uma jogada que pode dar início a uma consolidação muito esperada do setor bancário, mas que tem avançado devagar em um país assolado por uma demanda anêmica por empréstimos.

O Tokyo Tomin Bank e o Yachiyo Bank Ltd disseram que haviam entrado em acordo para fusão em outubro do ano que vem através da criação de uma holding. Os acionistas de ambos os bancos receberão ações da nova empresa em troca de suas participações nos dois bancos em uma proporção ainda a ser definida, segundo os bancos.

Os dois bancos, com ativos combinados valendo um total de 4,7 trilhões de ienes (48,4 bilhões de dólares), atuam na região metropolitana de Tóquio, onde grandes instituições como a Mitsubishi UFJ Financial Group e bancos locais de outras regiões se enfrentam em concorrência acirrada.

"A concorrência em empréstimos para pequenas e médias empresas está ficando acirrada. Está se tornando em uma corrida para reduzir as taxas de juros", disse Akihiro Kakizaki, presidente-executivo do Tokyo Tomin Bank, em uma coletiva de imprensa. "Não queremos entrar em uma guerra de atrito, mas não podemos sobreviver a menos que alcancemos uma certa escala de operação", ele disse.

Há uma crescente especulação de que provavelmente acontecerão mais fusões entre bancos regionais já que o regulador bancário japonês deixou claro que verificará atentamente a viabilidade comercial futura de pequenas instituições, uma política tida como uma pressão por consolidações.

(Por Taiga Uranaka)