IKEA dá voto de confiança à França com impulso em expansão

quinta-feira, 10 de outubro de 2013 12:39 BRT
 

PARIS, 10 Out (Reuters) - A IKEA, maior varejista de móveis do mundo, disse que vai acelerar sua expansão na França nos próximos três anos, criando 1.200 empregos e dando um voto de confiança à economia em dificuldades.

O grupo sueco, conhecido por seus móveis baratos porém com estilo, disse que investiria mais de 600 milhões de euros (811 milhões de dólares) até 2016 para abrir seis novas lojas e renovar quatro lojas existentes na França.

O plano representa uma aceleração ante os 500 milhões de euros investidos nos últimos cinco anos, e parte de uma ambição de longo prazo de aumentar o número de lojas na França, a segunda maior economia da zona do euro, para 40 até 2020 e 45 até 2025, em comparação às 29 atuais.

"Estamos enviando uma mensagem muito positiva em um clima econômico sem vigor", disse o presidente-executivo da IKEA para a França, Stefan Vanoverbeke, durante uma coletiva de imprensa.

A IKEA é a maior varejista de móveis na França, onde sua fatia de mercado subiu 0,1 ponto percentual para 17,9 por cento no ano findo em 31 de agosto, segundo a empresa.

Para o atual ano fiscal, Vanoverbeke disse que permanecia "cauteloso" embora estivesse "menos pessimista que um ano atrás". Ele não quis fazer previsões.

(Por Dominique Vidalon)