Redução do QE é menos provável neste mês por problemas fiscais, diz Bullard

quinta-feira, 10 de outubro de 2013 14:35 BRT
 

ST. LOUIS, EUA, 10 Out (Reuters) - Uma redução no programa de compra de títulos do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, é menos provável mais à frente neste mês, devido à a paralisação do governo do país e a consequente falta de dados econômicos, assim como o debate em andamento sobre o teto da dívida, disse importante autoridade do banco central nesta quinta-feira.

O presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, membro votante quanto à política do banco neste ano, disse a repórteres que os problemas fiscais em Washington têm "alterado as chances" de a instituição reduzir seu programa de 85 bilhões de dólares ao mês conhecido como "quantitative easing" na reunião marcada para 29 e 30 de outubro.

(Reportagem de Jonathan Spicer)