Obama não rejeitou nem aceitou plano republicano para dívida, diz deputado

quinta-feira, 10 de outubro de 2013 20:31 BRT
 

WASHINGTON, 10 Out (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, não aceitou nem rejeitou a proposta de aumento da dívida no curto prazo apresentada por deputados republicanos, disse o deputado Paul Ryan a jornalistas nesta quinta-feira.

Ao retornar ao Congresso após reunião entre Obama e deputados republicanos, Ryan, que preside o Comitê Orçamentário da Câmara, disse a jornalistas que Obama não disse nem "sim", nem "não" à ideia.

Outros líderes republicanos, incluindo o líder da maioria da Câmara, Eric Cantor, disse que as equipes da Câmara e do governo de Obama continuarão a trabalhar durante a noite desta quinta-feira na crise fiscal.

(Reportagem de Tim Reid)