Air France-KLM cobra "condições severas" para ajudar Alitalia

sexta-feira, 11 de outubro de 2013 10:35 BRT
 

PARIS, 11 Out (Reuters) - A Air France-KLM não quis informar nesta sexta-feira se vai participar de um plano de resgate italiano para a companhia aérea Alitalia, na qual detém 25 por cento de participação, mas reiterou que vai exigir duras condições para conceder auxílio à empresa.

Um porta-voz do grupo franco-holandês não quis dar mais detalhes sobre as condições para a empresa aceitar tomar parte de um possível aumento de capital na companhia, mas repetiu que serão "muito severas".

O Conselho de Administração da Alitalia deve se reunir nesta sexta-feira para avaliar um plano de sobrevivência da companhia.

(Por Cyril Altmeyer e Tim Hepher)