Fabricante de lâmpadas alemã Osram corta mais 240 empregos

sexta-feira, 11 de outubro de 2013 14:59 BRT
 

FRANKFURT, 11 Out (Reuters) - A fabricante alemã de produtos para iluminação Osram Licht disse nesta sexta-feira que cortará 240 postos de trabalho em uma fábrica na Bavária, que vão se somar a profundos cortes já anunciados, num momento em que a companhia se reestrutura para competir com rivais asiáticas mais baratas.

Os cortes vão ser feitos nas áreas de produção, administração e logística, afirmou a segunda maior fabricante de lâmpadas do mundo depois da Philips.

A Osram, que foi desmembrada da Siemens no início deste ano, enfrentava lentidão para se ajustar a uma mudança na demanda, das lâmpadas tradicionais para tecnologias mais recentes, como diodos emissores de luz (LEDs).

Sob um grande plano de reestruturação anunciado no final do ano passado, a companhia está cortando 8.000 empregos e reduzindo o número de fábricas que opera para economizar cerca de 1 bilhão de euros (1,4 bilhão de dólares) ao longo de três anos.

Além disso, a Osram disse na semana passada que vai cortar 900 postos de trabalho na América do Norte.

A planta na Bavária, com 1.000 funcionários, é o principal local de produção da Siteco, que faz produtos para iluminar ruas, estádios, supermercados e escritórios.

(Por Jens Hack e Maria Sheahan)