Obama sancionaria elevação do teto da dívida por curto período, diz Casa Branca

sexta-feira, 11 de outubro de 2013 19:51 BRT
 

WASHINGTON, 11 Out (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sancionaria uma elevação por um curto período do teto da dívida do país, se o Congresso aprovar um projeto de lei "puro", sem condicionantes políticas, mas prefere uma ampliação por um longo período, disse o porta-voz da Casa Branca Jay Carney a jornalistas nesta sexta-feira.

"Uma elevação do teto da dívida por um período curto ainda é aceitável como o mínimo? Claro", disse Carney.

"Se o Congresso aprovar um projeto de lei puro que eleva o teto da dívida por uma curta duração para evitar a moratória, o presidente sancionaria isso", completou ele.

(Reportagem de Roberta Rampton e Mark Felsenthal)