Obama adia reunião com líderes do Congresso para dar mais tempo ao Senado

segunda-feira, 14 de outubro de 2013 18:56 BRT
 

WASHINGTON, 14 Out (Reuters) - Uma reunião entre o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e líderes do Congresso para discutir o progresso de um acordo para reabrir o governo e elevar o teto da dívida do país foi adiada para dar mais tempo ao Senado, informou a Casa Branca nesta segunda-feira.

Obama tinha agendado um encontro com o líder da maioria no Senado, Harry Reid, o líder republicano no Senado, Mitch McConnell, o presidente da Câmara dos Deputados, John Boehner, e a líder democrata na Câmara, Nancy Pelosi para as 15h (16h de Brasília).

"A reunião de 15h do presidente com os líderes dos dois partidos foi adiada para permitir que líderes no Senado tenham tempo para continuar a fazer progressos importantes rumo a uma solução que aumente o limite da dívida e reabra o governo", disse a Casa Branca em um comunicado.

Autoridades da Casa Branca disseram que o adiamento deve ser visto como positivo, mas não havia nenhuma indicação de que a reunião seria adiada para mais tarde ainda nesta segunda-feira.

(Reportagem de Jeff Mason, Roberta Rampton e Steve Holland)

 
O presidente norte-americano, Barack Obama, caminha em direção ao Salão Oval da Casa Branca, nesta segunda-feira, em Washington. O presidente adiou uma reunião para discutir o progresso de um acordo para reabrir o governo e elevar o teto da dívida do país. 14/10/2013 REUTERS/Kevin Lamarque