Lucro da Coca-Cola sobe apesar de economia desafiadora

terça-feira, 15 de outubro de 2013 13:59 BRT
 

15 Out (Reuters) - A Coca-Cola Co divulgou nesta terça-feira um lucro trimestral dentro das expectativas de Wall Street, apresentando crescimento nas vendas do refrigerante homônimo e também de chás e água, apesar de uma economia desafiadora.

O analista da Morningstar Tom Mullarkey disse que se sentia encorajado pelo crescimento global dos volume da Coca, que subiu 2 por cento, e também pela popularidade da marca Coca-Cola na América do Norte.

Embora a receita líquida tenha caído no terceiro trimestre, "excluindo o câmbio e mudanças estruturais, eles tiveram tanto crescimento em receita quanto em lucro operacional ... e isso parece muito bom", disse Mullarkey.

A marca Coca-Cola serviu um recorde de 181 bilhões de bebidas no trimestre, disse o presidente-executivo da companhia, Muhtar Kent, durante a teleconferência da empresa.

O lucro líquido cresceu 6 por cento para 2,45 bilhões de dólares no terceiro trimestre, ou 0,54 dólar por ação, ante 2,31 bilhões de dólares, ou 0,50 dólar por ação, um ano antes.

Excluindo itens especiais, a empresa obteve lucro de 0,53 dólar por ação, alinhado com o que analistas esperavam, de acordo com o Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita caiu 3 por cento, para 12,03 bilhões de dólares, ante 12,34 bilhões, ligeiramente abaixo das estimativas de analistas de 12,05 bilhões. A queda é decorrente em grande parte dos custos de reestruturação das operações de envasamento no Brasil e nas Filipinas.

Para aproveitar a Copa do Mundo FIFA de 2014, a Coca-Cola lançou sua maior campanha de marketing relacionada ao futebol, que cobrirá mais de 170 mercados.

A empresa não dá previsões trimestrais, mas disse que suas metas e estratégias de longo prazo permanecem inalteradas e que iria continuar a investir em suas marcas.

(Por Atossa Araxia Abrahamian)