Fitch alerta que pode cortar rating "AAA" dos EUA

terça-feira, 15 de outubro de 2013 22:58 BRT
 

Por Daniel Bases

NOVA YORK, 15 Out (Reuters) - A agência de classificação de risco Fitch alertou nesta terça-feira que pode cortar o rating "AAA" dos Estados Unidos citando a disputa política sobre a elevação do teto da dívida do país.

"Embora a Fitch continue acreditando que o teto da dívida será elevado em breve, a disputa política e a reduzida flexibilidade de financiamento pode elevar o risco de default dos EUA", informou a agência em comunicado.

A Fitch é a única das três principais agências de crédito a ter perspectiva negativa para o rating soberano dos EUA. A Standard & Poor's rebaixou o rating para "AA+" em agosto de 2011 durante o último impasse do teto da dívida.

A Fitch reiterou que o atraso em elevar a capacidade de empréstimo dos EUA levanta questões sobre a credibilidade do país em honrar suas obrigações.

O Tesouro já informou que no dia 17 de outubro, ou em torno dessa data, os EUA atingirão o teto da dívida.

Um porta-voz do Tesouro dos EUA disse que a decisão da Fitch é um lembrete para os parlamentares norte-americanos de que os EUA estão perigosamente próximos de um default.

Na semana passada, a Fitch informou que apenas consideraria os EUA em default se o país não pagasse os juros ou o principal de seus títulos de dívida pública, os Treasuries.