BM&FBovespa quer novos parâmetros de free float para Novo Mercado

quarta-feira, 16 de outubro de 2013 08:26 BRT
 

15 Out (Reuters) - A BM&FBovespa propôs nesta terça-feira mudanças nos atuais segmentos de listagem do mercado acionário, incluindo novas regras de free float para empresas do Novo Mercado e dos níveis 1 e 2, além de criar mecanismos para migração do segmento de balcão para o de bolsa.

Com as mudanças, a Bovespa passará a ter oito segmentos de listagem, em vez do cinco atuais. Desses, seis serão no ambiente de bolsa são o Premium (com Novo Mercado e Nível 2), o Nível 1, segmentos especiais (com Bovespa Mais e Bovespa Mais N2) e o tradicional. No mercado de balcão os segmentos serão o tradicional e o Potencial, que será criado a partir das sugestões do Comitê Técnico de Ofertas Menores.

A revisão para listagem no Novo Mercado, Nível 2 e Nível 1 prevê a inclusão de parâmetros quantitativos de listagem, incluindo valor mínimo de free float e faixa de preço do papel.

A regra do free float vai variar de acordo com o valor de mercado das ações em circulação, sendo de 25 por cento se o valor de mercado do free float for igual o maior que o valor mínimo (que será definido entre 300 milhões e 500 milhões de reais).

Para valores iguais ou acima de 3 bilhões de reais, o free float mínimo será de 20 por cento, com prazo de 5 anos para atingir free float de 25 por cento. Se os valores foram iguais ou acima de 5 bilhões, o free float mínimo será de 15 por cento, também com prazo de cinco anos para chegar a 25 por cento.

Segundo comunicado, as propostas foram apresentadas no início de julho pelo Comitê Técnico de Ofertas Menores, formado por BM&FBovespa, Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e Agência Brasileira de Inovação (Finep).

"As propostas (visam a) atrair o interesse dos investidores para ofertas menores e ampliar o acesso dessas companhias aos recursos financeiros do mercado de ações, com a viabilização de ofertas públicas menores", afirmou a bolsa.

BOVESPA MAIS

O segmento de entrada Bovespa Mais vai migrar do ambiente de mercado de balcão organizado para o ambiente de bolsa. Também está prevista a segregação do segmento em dois --o Bovespa Mais, com negociação exclusiva de ações ordinárias, e o Bovespa Mais N2, que também permitirá ações preferenciais.   Continuação...