Lucro da BlackRock sobe 15% no 3o trimestre

quarta-feira, 16 de outubro de 2013 10:08 BRT
 

(Reuters) - A BlackRock, maior gestora de recursos do mundo, disse nesta quarta-feira que seu lucro do terceiro trimestre subiu 15 por cento, citando crescimento de mercado e forte demanda global de seus clientes de varejo e institucionais.

A empresa com sede em Nova York teve lucro líquido de 730 milhões de dólares, ou 4,21 dólares por ação, ante 642 milhões, ou 3,65 dólares por papel, um ano antes.

Excluindo certos itens como gastos com compensação, o lucro foi de 3,88 dólares por ação, em linha com a média das estimativas de analistas, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

Durante o trimestre, investidores colocaram 25,3 bilhões de dólares em fundos de longo prazo, incluindo 20,3 bilhões em entrada líquida nos fundos iShares da empresa, voltados a fundos de índices negociados em bolsas.

A iShares, maior provedora de fundos de índices dos Estados Unidos, representa agora 23 por cento do total de ativos sob gestão da BlackRock.

Investidores aportaram mais dinheiro do que retiraram em todas as classes de ativos durante o trimestre, injetando 11,3 bilhões de dólares em fundos de ações, 7,5 bilhões em fundos de renda fixa, 4,9 bilhões em produtos multi-ativos e 1,7 bilhão em produtos alternativos.

A BlackRock encerrou o trimestre com 4,1 trilhões de dólares em ativos totais sob gestão, incluindo dinheiro novo e ganhos de mercado.