Dilma defende discussão de reforma tributária no país

quarta-feira, 16 de outubro de 2013 13:48 BRT
 

16 Out (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff defendeu nesta quarta-feira a necessidade de o país debater uma reforma tributária que avalie a responsabilidade e a desoneração de todos os entes federados.

"É importante discutir uma reforma tributária... tem todo um problema fiscal no país, de distribuição de receitas, que é necessário discutir", disse a presidente durante entrevista a rádios baianas.

"Se isso vai ser em prévia é muito bom, pois isso faz parte do processo de discussão dessa reforma tributária que todos nós queremos e que passa, sem sombra de dúvida, pela questão da 'guerra fiscal'", acrescentou a presidente.

Perguntada se Estados e municípios não foram prejudicados com perdas de recursos por conta das desonerações definidas pelo governo federal nos últimos anos, Dilma argumentou que elas visavam estimular a economia.

"Todos os governos ganham com isso porque quando a arrecadação pública, quando você estimula a economia, ela cresce na mesma proporção", disse. "A nossa política de desoneração foi uma política específica para conter a crise econômica que não atingiu só o Brasil."

 
Presidente Dilma Rousseff durante cerimônia de nomeação do chanceler Luiz Alberto Figueiredo no Palácio do Planalto, em Brasília. Dilma defendeu nesta quarta-feira a necessidade de o país debater uma reforma tributária que avalie a responsabilidade e a desoneração de todos os entes federados. 28/08/2013. REUTERS/Ueslei Marcelino