Vendas da Publicis no 3º tri desaceleram no 3º tri

quarta-feira, 16 de outubro de 2013 11:19 BRT
 

PARIS, 16 Out (Reuters) - O grupo publicitário francês Publicis, que está em processo de fusão com a norte-americana Omnicom, manteve nesta quarta-feira a meta de maior crescimento orgânico de vendas no ano, apesar de uma desaleceração no terceiro trimestre devido a mercados emergentes mais frágeis.

O grupo também previu uma melhora no crescimento do ano que vem, na esteira da aguardada conclusão da fusão no primeiro trimestre de 2014, apoiada em demanda nos EUA e expansão em publicidade digital.

"É preciso cuidado particularmente pois a situação econômica global está sob a ameaça da paralisação do governo dos EUA", disse o presidente-executivo Maurice Lévy. "Mesmo assim estamos confiantes sobre 2013".

"No que concerne ao crescimento orgânico, a colheita de 2014 é mais promissora", complementou a Publicis.

A Publicis e a Omnicom revelaram em julho os planos para a combinação e a subsquente criação do maior grupo de publicidade do mundo, valendo cerca de 35 bilhões de dólares, no que as empresas apresentaram como uma "fusão de iguais".

A Publicis espera um crescimento orgânico de vendas para o ano entre 3,5 e 3,6 por cento, ante 2,9 por cento em 2012, como também uma melhora de suas margens.

A empresa disse que o crescimento no terceiro trimestre desacelerou para 3,5 por cento ante 5 por cento no trimestre anterior por desaceleração na China, dificuldades econômicas que afetaram investimentos na Índia e um baixo desempenho na Rússia. As vendas totalizaram 1,675 bilhão de euros.

(Por Gwénaëlle Barzic)