PepsiCo tem lucro maior apesar de pressões econômicas

quarta-feira, 16 de outubro de 2013 11:23 BRT
 

16 Out (Reuters) - A PepsiCo divulgou lucros trimestrais maiores na quarta-feira e disse que estava no caminho certo para atingir suas metas financeiras para o ano, apesar de uma economia arrefecida.

A fabricante de Pepsi-Cola, salgadinhos Frito-Lay e sucos Tropicana disse que o lucro líquido foi de 1,91 bilhão de dólares no terceiro semestre, ou 1,23 dólar por ação, menos de 1 por cento maior que o lucro de 1,90 bilhão de dólares, ou 1,21 dólar por ação, um ano antes.

Excluindo itens, os lucros foram de 1,24 dólar por ação. Nessa base, os analistas esperavam 1,17 dólar, segundo o Thomson Reuters I/B/E/S.

"Acreditamos que isso seja suficiente para satisfazer a maior base de investidores", disse Hugh Johnston, vice-presidente financeiro da PepsiCo, complementando que a empresa havia aumentado preços em cerca de 3 por cento no último trimestre para que pudesse reinvestir o dinheiro em suas marcas e em inovação.

A PepsiCo tem sofrido pressão do acionista ativista Nelson Peltz desde julho, quando ele disse publicamente que a empresa deveria adquirir a fabricante da bolacha Oreo, a Mondelez International, e fazer uma cisão de seu negócio de refrigerantes.

A receita líquida da empresa subiu 1,5 por cento para 16,91 bilhões de dólares.

(Por Atossa Araxia Abrahamian)