Nasdaq vê ano como o mais forte para IPOs desde 2007

quarta-feira, 16 de outubro de 2013 15:37 BRT
 

TEL AVIV, 16 Out (Reuters) - A Nasdaq OMX terá o seu mais forte ano para ofertas públicas iniciais (IPOs, na sigla em inglês) desde 2007, com um total de 120 empresas se listando em 2013, graças à recuperação econômica nos Estados Unidos e ao aumento da taxa de juros, afirmou um representante sênior nesta quarta-feira.

Bruce Aust, vice-presidente executivo da Nasdaq OMX, disse que os investidores estavam olhando para além de títulos e dívida corporativa em busca de retornos.

"Com a subida das taxas, as pessoas estão olhando para ativos alternativos para investir, o que é um bom presságio para os mercados de ações", disse Aust à Reuters durante uma viagem à Israel.

"Nós vimos muita coisa em torno da crise financeira, com as empresas achando que não iriam receber a avaliação que precisavam em um IPO, então elas tomaram a rota de fusões e aquisições."

"Isso mudou nos EUA. Este ano é o mais forte para o mercado de IPOs desde 2007", disse Aust.

A Nasdaq disse em setembro que 166 empresas tinham ido a público nos mercados dos EUA nos primeiros nove meses de 2013, ante 109 no mesmo período em 2012.

Das 96 ofertas públicas de ações na Nasdaq até agora, 40 foram na área da saúde.

Aust também disse que as empresas apoiadas por grupos de private equity também estavam procurando realizar IPOs, citando o anúncio do operador de hotéis Hilton Worldwide, controlado pelo Blackstone, sobre o plano de uma oferta de 1,25 bilhão de dólares na bolsa.

(Por Steven Scheer)