Bolsas nos EUA sobem 1% com proximidade de acordo para elevação do teto da dívida

quarta-feira, 16 de outubro de 2013 20:36 BRT
 

Por Ryan Vlastelica

NOVA YORK, 16 Out (Reuters) - As ações dos Estados Unidos fecharam com alta de mais de 1 por cento nesta quarta-feira após líderes do Senado afirmarem que chegaram a um acordo para reabrir o governo federal e elevar o teto da dívida, evitando a ameaça de default.

O índice Dow Jones avançou 1,36 por cento, para 15.373 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 1,38 por cento, para 1.721 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 1,20 por cento, para 3.839 pontos.

O líder da maioria no Senado, Harry Reid, e o líder republicano no Senado, Mitch McConnell, disseram que senadores chegaram a acordo que vai reabrir o governo até 15 de janeiro e elevar o teto da dívida até 7 de fevereiro. A Câmara dos Deputados planeja votar a medida mais tarde nesta quarta-feira.

Os ganhos do dia levaram o S&P 500 a alguns pontos da máxima histórica de fechamento de 1.752 pontos, estabelecida em 18 de setembro. O volume de negócios tem ficado abaixo da média, entretanto, já que muitos investidores permanecem às margens do mercado até que a solução do impasse fiscal seja oficial.

"Parece que superaremos isso, o que traz algum alívio ao mercado. Esse não é apenas um rali de alívio, mas também ainda estamos em um ambiente de política monetária muito acomodativa, o que serve de impulso", disse a gestora de portfólio do Evercore Wealth Management, Judy Moses, em São Francisco.

Os ganhos foram amplos, com todos os dez setores do S&P 500 fechando com altas sólidas, liderados por papéis financeiros, que ganharam 2,1 por cento. Outros grupos cujo desempenho é ligado ao ritmo de crescimento econômico, incluindo energia, também saltaram. Os preços do petróleo nos EUA subiram 1 por cento, enquanto o ouro ficou basicamente estável.

Em mais um sinal do arrefecimento das preocupações, o índice de volatilidade CBOE desabou 21 por cento na maior queda diária desde agosto de 2011. No entanto, o índice ainda acumula alta de cerca de 12 por cento nas últimas quatro semanas.

Cerca de 78 ações listadas na New York Stock Exchange fecharam no azul, enquanto 69 por cento dos papéis negociados na Nasdaq registraram ganho.