17 de Outubro de 2013 / às 17:34 / em 4 anos

Resultado do Pão de Açúcar 3º tri agrada analistas

SÃO PAULO, 17 Out (Reuters) - Os resultados do Grupo Pão de Açúcar (GPA) foram bem recebidos por analistas nesta quinta-feira, que chamaram a atenção para a elevação de margens da varejista após a empresa divulgar um salto 69,8 por cento no lucro trimestral na véspera.

Entre julho e setembro, o GPA viu o lucro líquido alcançar 357 milhões de reais, ante 210 milhões de reais registrados em igual período de 2012. A margem líquida da companhia, por sua vez, subiu para 2,5 por cento, ante 1,7 por cento um ano antes.

Na mesma base de comparação, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) avançou 30,4 por cento, para 1,036 bilhão de reais, acima da expectativa média de 960 milhões de reais apontada por analistas.

As cifras apresentadas mostraram “um sólido negócio alimentar e a ViaVarejo novamente surpreendendo positivamente”, resumiu o BTG Pactual, em relatório assinado pelos analistas Fabio Monteiro e João Mamede.

A ViaVarejo, que reúne as bandeiras Casas Bahia, Ponto Frio e Nova Pontocom, mostrou aumento de 2,1 pontos percentuais na margem bruta sobre um ano antes, para 28,9 por cento, resultado que “chamou a atenção”, segundo o BTG.

Para a analista Julia Monteiro, da CGD Securities, a expansão da divisão de eletrodomésticos e móveis refletiu “o positivo resultado dos investimentos feitos e a consolidação da estratégia de diminuição dos custos de logística”.

Ao comentar os resultados, o GPA afirmou ter regionalizado entregas dos fornecedores nos centros de distribuição e terceirizado parte da frota. A companhia também atribuiu o resultado ao maior mix de vendas e comercialização de serviços.

No terceiro trimestre, o lucro líquido da ViaVarejo subiu 165,9 por cento na comparação anual, para 181 milhões de reais. O crescimento foi quase seis vezes superior ao apresentado pela divisão alimentar do GPA.

Ainda assim, os resultados da operação de alimentos também agradaram o mercado. Segundo os analistas Richard Cathcart e André Fontoura, do Espírito Santo Investment, apesar da margem bruta da divisão ter caído 1,4 ponto percentual, a empresa reduziu as despesas operacionais como percentual das vendas.

Segundo os analistas, a tendência reflete o maior crescimento da bandeira Assaí, bandeira de atacado de autosserviço, com menor custo.

Eles também afirmaram que o resultado mostra “a estratégia bem sucedida da administração” de investir na competitividade de preços nos estabelecimentos de varejo, com a investida sendo compensada pela redução de custos.

“Achamos que essa é a estratégia certa para o GPA, à medida que deve fazer a divisão de supermercados e hipermercados acelerar o ganho de mercado a partir da competição, entrando num círculo virtuoso de preços, conduzindo a crescimento do volume, o que, por sua vez, leva a melhores condições (de negociação) com fornecedores”, escreveram.

A equipe do UBS, liderada pelo analista Gustavo Oliveira, acredita que as margens podem continuar se expandindo, mas os ganhos ainda estariam vulneráveis ao enfraquecimento do cenário macroeconômico, num contexto de subida dos juros básicos.

Mesmo assim, o banco afirmou em relatório que o GPA ainda tem chance de explorar o negócio de imóveis do grupo como “alternativa adicional para criação de valor”. No terceiro trimestre, o uso de imóveis não teve impacto nos resultados.

Apesar da tom positivo dos analistas, as ações da companhia recuavam 0,27 por cento às 14h17, acompanhando o movimento de realização de lucros na bolsa brasileira. Após ter subido por seis sessões seguidas, o Ibovespa caía 0,72 por cento.

Para Julia Monteiro, da CGD Securities, o papel já havia incorporado parte dos ganhos com os resultados na última semana, quando o GPA divulgou avanço de dois dígitos nas suas vendas trimestrais.

No acumulado do 2013, os papéis mostram alta de 20,99 por cento. “Fora isso, a ação vem se comportando muito bem, com a companhia conseguindo manter margens e apresentando melhorias operacionais nos últimos resultados, então já tinha muita coisa incorporada”, disse. (Por Marcela Ayres)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below