Controladora da American Airlines tem resultados melhores no trimestre

quinta-feira, 17 de outubro de 2013 17:00 BRT
 

17 Out (Reuters) - A AMR Corp, controladora da American Airlines, anunciou uma melhora nos resultados trimestrais nesta quinta-feira, ajudada pelo corte de custos da concordata.

A empresa, que espera sair da concordata ao fazer uma fusão com a US Airways, teve lucro líquido de 289 milhões de dólares, ou 0,76 dólar por ação no trimestre, comparado com um prejuízo de 238 milhões de dólares, ou 0,71 dólar por papel, um ano antes.

Excluindo custos de reestruturação e itens especiais, o lucro foi de 530 milhões de dólares, o maior ganho trimestral na história da empresa, disse o presidente do Conselho da AMR, Tom Horton, em um comunicado.

O Departamento de Justiça dos EUA abriu um processo para bloquear a fusão da empresa com a US Airways em agosto, e um julgamento está previsto para começar no início do ano.

A receita trimestral subiu 6 por cento para 6,8 bilhões de dólares. A receita por passageiro por assento subiu 3,4 por cento. Os custos operacionais caíram em cerca de 4 por cento, enquanto as despesas ligadas a salários caíram 13 por cento.

(Por Karen Jacobs em Atlanta)