Incêndio atinge armazéns de açúcar da Copersucar em Santos

sexta-feira, 18 de outubro de 2013 15:03 BRT
 

SÃO PAULO, 18 Out (Reuters) - O incêndio que atinge ao menos três armazéns da maior comercializadora de açúcar brasileira, a Copersucar, no Porto de Santos ainda não foi controlado, estima-se que tenha afetado cerca de 300 mil toneladas do produto, afirmou a Codesp, responsável pelo porto de Santos, nesta sexta-feira.

Segundo a empresa, foram afetados os armazéns 11, 16, 21 e 20, no Terminal Copersucar, na área de Outerinhos, sendo que o incêndio teve início por volta das 06h15. No momento, um navio estava sendo atracado no local, mas já foi retirado.

A Codesp informou que os armazéns possuem capacidade entre 50 e 100 mil toneladas de açúcar cada, e no momento do incêndio aproximadamente 300 mil toneladas estavam armazenadas.

A Copersucar, também a maior comercializadora global de açúcar e etanol, não confirmou o volume, e por meio de sua assessoria que ainda não tem detalhes sobre a dimensão ou extensão do prejuízo causado pelo incêndio.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Santos, por volta das 09h desta sexta-feira, 17 viaturas tentavam controlar o fogo, além de helicóptero da Polícia Militar e embarcações.

"Três armazéns foram destruídos pelo fogo e estamos controlando o fogo agora no quarto", disse o Corpo de Bombeiros de Santos, acrescentando que pelo menos quatro pessoas ficaram feridas.

Outro representante dos bombeiros afirmou que os armazéns "parecem isolados, mas tem esteiras subterrâneas e o fogo se propaga com facilidade pelo açúcar".

A América Latina Logística (ALL) faz o transporte de açúcar para a Copersucar até o terminal, mas afirmou por meio de sua assessoria de imprensa que ainda não tem como estimar os impactos em suas operações.

A empresa já registrou queda seus volumes transportados nas ferrovias por problemas no Porto de Santos após dois acidentes de junho em dois terminais importantes da ALL, o Terminal de Granéis do Guarujá (TGG) e Terminal XXXIX (borda direita).

A Copersucar inaugurou em junho a expansão de seu terminal no porto de Santos, que duplicou sua capacidade de exportação para 10 milhões de toneladas. Na ocasião, a empresa informou que já havia investido 400 milhões de reais no complexo do Porto de Santos desde 1998, quando foi inaugurado. A Copersucar tem seis armazéns no porto de Santos.

(Por Roberta Vilas Boas e Alberto Alerigi Jr.)