Crescimento da China impulsiona ações europeias para maior nível em 5 anos

sexta-feira, 18 de outubro de 2013 17:01 BRT
 

Por Alistair Smout

LONDRES, 18 Out (Reuters) - As bolsas europeias subiram nesta sexta-feira para máximas em cinco anos, após dados robustos de crescimento na China impulsionarem as ações de bens de luxo e de mineração, enquanto bons resultados da Acoor lideraram o setor de viagens e lazer.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,76 por cento, a 1.277 pontos, sua maior pontuação desde junho de 2008.

A economia chinesa cresceu 7,8 por cento no terceiro trimestre em comparação com o mesmo período do ano anterior, em linha com expectativas de analistas, embora autoridades tenham alertado para um impulso menor no quarto trimestre.

O maior ganho do pregão veio do setor de bens pessoais e domésticos, que inclui empresas como Burberry e LVMH. Ambas alertaram recentemente para um impulso de vendas mais lento na China. O setor de mineração, sensível aos níveis de demanda do setor industrial da China, avançou 0,5 por cento.

"A China teve uma leve recuperação... e o restante dos mercados emergentes não se recuperaram como a China. Então não é surpreendente estarmos vendo uma alta nas ações", afirmou o estrategista-chefe de ações europeias da Standard & Poor's Capital IQ, Robert Quinn.

Entre os principais ganhos também estava o setor de viagens e lazer, com alta de 2 por cento, impulsionado por uma alta de 4 por cento da Accor, após a cadeia de hotéis francesa registrar vendas acima do esperado e perspectiva de confiança.

Em LONDRES, o índice Financial Times subiu 0,71 por cento, a 6.622 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,6 por cento, para 8.865 pontos.   Continuação...