Economia dos EUA foi atingida por disputa fiscal, diz secretário do Tesouro

domingo, 20 de outubro de 2013 17:35 BRST
 

WASHINGTON, 20 Out (Reuters) - A economia dos EUA tem sido prejudicada pelo recente impasse em Washington sobre o orçamento e é importante que o país não passa por uma nova rodada de "política de alto risco", disse neste domingo o secretário do Tesouro norte-americano, Jack Lew.

No programa "Meet the Press", da NBC, Lew disse que estava confiante de que a economia dos EUA, que ele descreveu como "resistente", se recuperaria da paralisia parcial por 16 dias vivida pelo governo federal.

Lew disse que os eventos que levaram à paralisação, que afetou tanto a confiança dos empresários quanto consumidores, era mais uma crise política do que econômica.

"Nós sabemos que desde a paralisação houve uma perda da atividade econômica", disse Lew, sem dar números.

"Temos que garantir que o governo não passe por outra rodada de política de alto risco", afirmou o secretário.

Na quarta-feira, um acordo de última hora no Congresso norte-americando livrou os Estados Unidos do risco de um default. O acordo restaurou o financiamento para o país até janeiro de 2015 e estendeu sua capacidade de endividamento até 7 de fevereiro.

Teme-se, porém, que o pacto não impeça uma nova paralisação no futuro.

"Acho que a mensagem que temos de enviar é que na quarta-feira foi um ponto de virada", disse Lew. "Isso não pode acontecer novamente", acrescentou.

De acordo com estimativas de economistas, a suspensão teria levado a uma queda de até meio ponto percentual do crescimento do Produto Interno Bruto dos EUA para o quarto trimestre.

(Reportagem de Lucia Mutikani e Margaret Chadbourn, com reportagem adicional de Jackie Frank)