AkzoNobel diz que lucro operacional do ano não deve exceder 908 mi de euros

segunda-feira, 21 de outubro de 2013 11:26 BRST
 

AMSTERDÃ, 21 Out (Reuters) - O lucro principal do terceiro trimestre da AkzoNobel NV, empresa holandesa de tintas e produtos químicos, não atingiu por pouco as estimativas de analistas, e a empresa disse que o lucro operacional do ano inteiro não deve ultrapassar o nível de 2012 por custos de reestruturação e mercados mais fracos.

A empresa disse que esperava registrar cerca de 160 milhões de euros em custos de reestruturação no quarto trimestre, tornando improvável que o lucro operacional para o ano inteiro antes de itens circunstanciais exceda 908 milhões de euros (1,24 bilhão de dólares).

A AkzoNobel, que é proprietária da marca de tintas Dulux, divulgou lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 456 milhões de euros no terceiro trimestre, sobre receitas de 3,78 bilhões de euros.

Analistas em uma pesquisa encomendada pela Reuters esperavam um Ebitda de 457 milhões de euros e receitas de 3,76 bilhões de euros.

A AkzoNobel, que produz revestimentos de alto desempenho para carros, aeronaves e navios, além de químicos especiais para o setor de papel e celulose, disse em julho que contabilizaria custos de reestruturação adicionais para refletir a deterioração das perspectivas de crescimento na China, Índia e no Brasil.

(Por Sara Webb e Karen Rebelo)