EPE vê como "pouco provável" atender pedido da Cesp sobre Três Irmãos

terça-feira, 22 de outubro de 2013 12:52 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 22 Out (Reuters) - O presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) disse nesta terça-feira que considera "pouco provável" que o governo federal atenda pedido da Cesp sobre a indenização que tem a receber por investimentos não amortizados na hidrelétrica Três Irmãos.

"Eu acho que é pouco provável (que o pedido seja aceito). Eles têm que abrir as planilhas, e o ministério ouvir o pleito e analisar. Mas realmente não parece ser razoável o valor", disse o presidente da EPE, Maurício Tolmasquim, a jornalistas.

O governo federal reconheceu um pagamento de indenização de 1,7 bilhão de reais por investimentos não amortizados na usina, mas a Cesp, que detinha a concessão da usina que não foi renovada, já defende que tem a receber 3,8 bilhões de reais.

(Por Rodrigo Viga Gaier)