Governo sinaliza fatia menor da Infraero em aeroportos a serem licitados

terça-feira, 22 de outubro de 2013 20:44 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 22 Out (Reuters) - A participação de 49 por cento da Infraero no consórcio dos aeroportos brasileiros concessionados à iniciativa privada é um peso para o Governo, segundo o Ministro da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco.

Ele afirmou que o Tesouro é obrigado a fazer aportes relativos à proporção da participação da Infraero no consórcio. "É uma pratica e um modelo que o Governo adotou e ele tem ônus, tem peso para o Governo. A Infraero não é uma empresa capitalizada e o Tesouro é que cobre isso", disse o ministro a jornalistas em evento no Rio.

Ao ser questionado quando uma eventual redução da participação da Infraero poderia acontecer, Moreira evitou comentários e disse apenas "que o futuro pertence a Deus".

(Por Rodrigo Viga Gaier)