Iberdrola tem queda de 4% no Ebitda e corta remuneração aos acionistas

quarta-feira, 23 de outubro de 2013 09:24 BRST
 

MADRI, 23 Out (Reuters) - A elétrica Iberdrola anunciou nesta quarta-feira um resultado operacional ligeiramente mais baixo do que o previsto e disse que o aumento nos tributos na Espanha e outros países a obrigou a cortar a remuneração ao acionista.

A empresa teve uma queda de 4,1 por cento, para 5,542 bilhões de euros, em seu lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) nos primeiros nove meses de 2013, afetada por impostos maiores na geração de energia na Espanha e no Reino Unido e pelo impacto negativo do câmbio em alguns de seus mercados.

Analistas esperavam um Ebitda de 5,590 bilhões de euros.

O lucro líquido caiu 3 por cento para 2,275 bilhões de euros, ante 2,203 bilhões previstos por analistas.

A empresa disse que o impacto regulatório em seus resultados soma 1,010 bilhão de euros, o que a obriga a cortar a remuneração aos acionistas.

(Por Andrés González e Robert Hetz)