Bolsas europeias interrompem série de ganhos com queda de ações de bancos

quarta-feira, 23 de outubro de 2013 15:20 BRST
 

Por Toni Vorobyova

23 Out (Reuters) - As ações europeias interromperam série de nove pregões de ganhos nesta quarta-feira, impactadas por planos de um novo teste de estresse bancário mais rígido para os bancos da zona do euro, além de balanços corporativos fracos e projeções pioradas em outros setores.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou em queda de 0,63 por cento, aos 1.279 pontos, recuando da máxima em cinco anos.

O índice bancário STOXX Europe 600 perdeu 2,08 por cento no dia mais fraco em dois meses, após o Banco Central Europeu (BCE) informar que vai reavaliar a qualidade de uma série mais ampla do que o esperado de ativos detidos pelos principais bancos da região no próximo ano, o que pode obrigá-los a captar mais recursos.

A chefe de ações globais da Ashburton, Veronika Pechlaner, disse que a surpresa veio no fato de que títulos públicos serão avaliados com atenção nos testes de estresse dos bancos.

"(As ações) de bancos tiveram um imenso rali neste mês, então não é inesperado que haja alguma realização de lucros", disse ela.

O recuo levou o setor bancário a afastar-se das máximas em dois anos atingida na terça-feira, após acumular ganho de mais de 25 por cento desde o fim de junho. Bancos italianos e espanhóis foram os maiores prejudicados, já que eles detêm grandes montantes de títulos soberanos e seus balanços são, de forma geral, mais fracos do que alguns de seus pares no norte da Europa.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,32 por cento, a 6.674 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,31 por cento, para 8.919 pontos.   Continuação...