Vendas da Unilever desaceleram no 3o trimestre

quinta-feira, 24 de outubro de 2013 07:42 BRST
 

LONDRES, 24 Out (Reuters) - A Unilever divulgou nesta quinta-feira crescimento menor de vendas no terceiro trimestre, dando nova evidência de que uma desaceleração nos mercados emergentes está atingindo a demanda por seus produtos de consumo.

O grupo anglo-holandês tinha afirmado em setembro que uma desaceleração em mercados como Indonésia, Brasil e Vietnã tinha aumentado de intensidade e que esperava crescimento de vendas de apenas 3 a 3,5 por cento.

A companhia divulgou nesta quinta-feira crescimento de 3,2 por cento nas vendas do terceiro trimestre, ante um aumento de 5 por cento no segundo trimestre.

"Este foi um trimestre mais fraco sem sombra de dúvida", disse o vice-presidente financeiro, Jean Marc Huet, em entrevista.

A Unilever obtém cerca de metade de suas vendas anuais de mercados em desenvolvimento e emergentes, um fato que tem pesado sobre o preço de suas ações, parcialmente porque a desvalorização de moedas tem colocado pressão sobre a demanda em vários mercados como a Índia.

A companhia afirmou que espera que o crescimento de vendas melhore no quarto trimestre, ajudado por novos produtos.

No terceiro trimestre, as vendas em mercados emergentes aumentaram 5,9 por cento ante expansão de 10,3 por cento no segundo trimestre.

(Por Martinne Geller)