Presidente da EPL, Bernardo Figueiredo, deixará cargo em dezembro

quinta-feira, 24 de outubro de 2013 11:33 BRST
 

BRASÍLIA, 24 Out (Reuters) - O presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo, deixará o cargo em dezembro, informou a assessoria de imprensa da estatal nesta quinta-feira.

Segundo a EPL, Figueiredo já havia manifestado a intenção de deixar o cargo, assim que estruturasse a EPL e elaborasse os projetos de médio e longo prazo para o setor. Ainda segundo a empresa, a presidente Dilma Rousseff pediu que Figueiredo ficasse até dezembro, e foi o que ficou acertado.

Uma outra fonte do governo, que pediu para não ser identificada, disse que a tendência é que Figueiredo seja substituído pelo ex-ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos.

Na quarta-feira, a pedido do próprio Passos, foi suspensa a sabatina que a Comissão de Infraestrutura do Senado realizaria com o ex-ministro para que ele assumisse uma vaga na diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

O pedido de suspensão da sabatina já teria em vista o fato de que Passos deverá ser designado para outra função, a de presidir a EPL.

Ex-diretor-geral da ANTT, Figueiredo era tido como homem de confiança da presidente Dilma na área de logística, mas acabou perdendo força nos últimos meses.

(Por Leonardo Goy)

 
Presidente da Empresa de Planejamento e Logística, Bernardo Figueiredo, durante entrevista exclusiva à Reuters, em Brasília. Figueiredo deixará o cargo em dezembro, informou a assessoria de imprensa da estatal nesta quinta-feira. 21/05/2013. REUTERS/Ueslei Marcelino