BHP ainda negocia com B&A fatia em projeto de minério na Guiné

quinta-feira, 24 de outubro de 2013 13:14 BRST
 

LONDRES, 24 Out (Reuters) - A mineradora BHP Billiton disse nesta quinta-feira que ainda está em negociações com a B&A, empresa de mineração co-fundada pelo ex-presidente da Vale, Roger Agnelli, sobre a venda da fatia da BHP no depósito de minério de ferro de Mount Nimba, na Guiné.

"As discussões continuam", disse o presidente-executivo da BHP, Andrew Mackenzie, a acionistas durante a assembleia geral anual do grupo em Londres, acrescentando que a B&A Mineração, de Agnelli, ainda não havia chegado a uma decisão.

A BHP escolheu a B&A como a ofertante preferencial por sua participação em Mount Nimba, um dos maiores depósitos de minério de ferro na Guiné, em dezembro passado.

No entanto, pelo menos uma fonte familiarizada com o assunto, desde então, disse que o interesse do lado do possível comprador havia esfriado.

A BHP, maior mineradora do mundo, atualmente detém uma participação de cerca de 40 por cento no empreendimento por trás do depósito de Mount Nimba. A mineradora de ouro Newmont detém mais 40 por cento.

A fatia da terceira participante, a francesa de construção de usinas energéticas Areva, está tendo sua fatia comprada pela BHP e pela Newmont, o que deixaria ambas empresas com participações de 50 por cento no empreendimento, disse recentemente uma fonte familiarizada com o assunto.

A BHP decidiu no ano passado sair do projeto de minério de ferro de Mount Nimba, em meio a uma redução de sua presença em projetos de minério de ferro no oeste africano para se concentrar em seus projetos principais.

(Reportagem de Clara Ferreira Marques)