Banco espanhol BBVA corta dividendo de 2013 e limita remuneração futura

sexta-feira, 25 de outubro de 2013 08:06 BRST
 

MADRI, 25 Out (Reuters) - O BBVA, segundo maior banco da Espanha, disse nesta sexta-feira que cortaria seu dividendo em 2013 e limitaria remunerações até o ano que vem para um máximo de 40 por cento dos lucros.

O banco, que teve alta de 86 por cento no lucro em nove meses, para 3,1 bilhões de euros, está aumentando seu capital, assim como outros bancos europeus, na expectativa de uma revisão de qualidades de ativos na Europa.

Os bancos espanhóis estão se recuperando de uma depressão imobiliária e uma profunda crise econômica que corroeram os ganhos nos últimos anos, com maiores provisões para calotes.

O BBVA é o primeiro banco a implementar uma mudança maior em sua política de dividendos depois que o Banco da Espanha disse neste ano que os bancos deviam limitar pagamentos de dividendo em dinheiro para não mais de 25 por cento de seus lucros.

O BBVA vai cancelar um pagamento previsto para janeiro e aumentar ligeiramente o último pagamento de dividendo de 2013, previsto para abril.

(Por Sarah White e Julien Toyer)