Lucro da Petrobras recua 39% no 3o tri com defasagem de preços

sexta-feira, 25 de outubro de 2013 21:51 BRST
 

Por Sabrina Lorenzi e Jeb Blount

RIO DE JANEIRO, 25 Out (Reuters) - A Petrobras registrou lucro líquido de 3,395 bilhões de reais no terceiro trimestre, queda de 39 por cento na comparação com o mesmo período do ano passado, sendo afetada mais uma vez pelo prejuízo na área de Abastecimento.

O resultado divulgado nesta sexta-feira veio abaixo da expectativa média de analistas ouvidos pela Reuters, de 5,84 bilhões de reais, com o impacto negativo da defasagem de preços de combustíveis em relação aos valores internacionais e por conta do dólar mais forte, que também encareceu as importações.

Na comparação com o segundo trimestre, o lucro recuou 45 por cento.

"Ainda que tenhamos tido quatro reajustes de preço de diesel e dois de gasolina nos últimos 16 meses, totalizando 21,9 por cento e 14,9 por cento de aumento, respectivamente, a forte depreciação do Real verificada desde maio de 2013, chegando a 22 por cento de desvalorização, fez com que a defasagem voltasse a crescer nos últimos meses", afirmou a presidente da estatal, Maria das Graças Foster, em nota.

A divisão de Abastecimento da Petrobras registrou perdas de 5,52 bilhões de reais no terceiro trimestre, contra prejuízo de 5,65 bilhões de reais no mesmo período do ano passado.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado, indicador do desempenho operacional, somou 13,09 bilhões de reais, ante 14,37 bilhões de reais um ano antes.

A Petrobras disse que o consumo recorde de diesel no país provocou a disparada nas compras externas, elevando o saldo negativo entre importações e exportações de petróleo e combustíveis para 425 mil barris por dia, um volume bem acima do déficit de 271 mil barris verificado no mesmo período do ano passado.

As importações de derivados da Petrobras dispararam 89 por cento no terceiro trimestre em comparação ao trimestre anterior.   Continuação...