Economia espanhola fraca pesa sobre recuperação do Bankia

segunda-feira, 28 de outubro de 2013 08:06 BRST
 

MADRI, 28 Out (Reuters) - A maior instituição bancária resgatada da Espanha, o Bankia, mostrou nesta segunda-feira que estava a caminho de atingir metas anuais de lucro depois de ter sido livrada de seus piores ativos, embora uma fraca economia ainda esteja afetando seu lucro líquido de empréstimos.

O Bankia, que registrou perdas recordes de 19,2 bilhões de euros (26,5 bilhões de dólares) no ano passado em consequência de negócios imobiliários problemáticos, voltou a ser rentável no primeiro trimestre de 2013, porém ainda está no meio de uma dolorosa reestruturação.

O lucro líquido de juros, um indicador de lucros sobre empréstimo menos custos de financiamento e depósitos, caiu 29 por cento para 1,73 bilhão de euros no período de nove meses até setembro.

Na comparação com o segundo trimestre deste ano, o lucro líquido de juros do Bankia teve crescimento, em um momento em que a Espanha sai de uma recessão de dois anos.

O Bankia registrou um lucro líquido de 362 milhões de euros para o período de nove meses, superando expectativas de analistas, em parte graças a um aumento de tarifas. Incluindo o grupo controlador BFA, que detém participações em companhias espanholas que estão sendo vendidas gradualmente, o BFA-Bankia registrou lucro depois de impostos de 648 milhões de euros no período de nove meses.

Esses números devem colocar a empresa no caminho para atingir uma meta de lucro de 800 milhões de euros para 2013, um passo importante em sua reestruturação depois de ter tomado 18 bilhões de euros em ajuda europeia.

(Por Sarah White)