Japan Airlines pode considerar em 2014 a troca de jatos 737

terça-feira, 29 de outubro de 2013 12:22 BRST
 

DOHA, 29 Out (Reuters) - A Japan Airlines (JAL) começará a considerar trocas em sua frota de jatos Boeing 373 em 2014 e está buscando propostas tanto da Boeing quando da Airbus, disse o presidente do Conselho da empresa na terça-feira.

A companhia, que tem 30 das aeronaves de corredor único, começará pela troca dos aviões 737-400, disse Masaru Onishi durante evento em Doha.

"Em um ano queremos começar a considerar a substituição dos jatos 737", disse Onishi. "Temos informações suficientes de ambas as fabricantes de aeronaves". "O momento de substituir o (modelo) 73-400 chegará de um a cinco anos", ele acrescentou.

A JAL anunciou um histórico acordo de 9,5 bilhões de dólares com a Airbus para a compra de 31 jatos grandes A350, encerrando o domínio da Boeing no mercado japonês e abrindo novas opções para a fabricante europeia.

Atrasos no 787 Dreamliner da Boeing e os subsequentes problemas de superaquecimento de baterias, que fizeram com que os aviões fossem impedidos de decolar, tiveram um papel na falha da Boeing de fechar esse acordo, segundo analistas. A JAL, também uma grande cliente de Dreamliner, manterá seus pedidos pelo avião segundo Onishi.

(Por Praveen Menon e Amena Bakr)

 
Presidente-executivo da Japan Airlines, Masaru Onishi, antes de coletiva de imprensa conjunta com o Grupo Jetstar, em Tóquio. A Japan Airlines (JAL) começará a considerar trocas em sua frota de jatos Boeing 373 em 2014 e está buscando propostas tanto da Boeing quando da Airbus, disse o presidente do Conselho da empresa na terça-feira. 16/08/2011. REUTERS/Issei Kato