GM faz recall de cerca de 44 mil picapes S10

terça-feira, 29 de outubro de 2013 14:28 BRST
 

SÃO PAULO, 29 Out (Reuters) - A General Motors anunciou nesta terça-feira recall de cerca de 44 mil picapes modelo S10 fabricadas entre junho de 2011 a outubro deste ano por um problema identificado na tubulação de combustível.

O recall envolve 43.971 unidades com chassis de CC400001 a EC416094, montadas entre 13 de junho de 2011 a 11 de outubro de 2013. Segundo a montadora, "atrito da tubulação de combustível com a presilha separadora das mangueiras de aquecimento e/ou com o chicote elétrico do sensor de pressão de ar" pode danificar a tubulação do veículo, "com risco de incêndio".

Entre início de 2011 e setembro deste ano, a GM registrou vendas de 130,35 mil unidades da S10, segundo dados da associação nacional de concessionários Fenabrave.

Em junho, segundo a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), a GM fez recall de 11.500 carros modelos Onix, Prisma, Cobalt e Spin. Em janeiro, a montadora promoveu campanha envolvendo cerca de 7,2 mil unidades do modelo Onix.

Este ano, segundo dados da Senacon, 16 marcas de montadoras de automóveis, incluindo de modelos importados, promoveram campanhas de recall no Brasil. Além da GM, os chamados envolveram marcas populares como Ford, Honda, Nissan e Kia e também de luxo como Land Rover, Aston Martin, Mercedes-Benz e Volvo.

Os anúncios ocorrem em um ano em que a indústria se prepara para bater novo recorde de produção. A associação de montadoras, Anfavea, estima crescimento de cerca de 12 por cento na produção em 2013, para 3,79 milhões de unidades.

(Por Alberto Alerigi Jr., edição Marcela Ayres)