Juiz de caso Monte Paschi decide em março se julga JPMorgan --fontes

terça-feira, 29 de outubro de 2013 16:12 BRST
 

FLORENÇA, 29 Out (Reuters) - Um juiz italiano vai decidir em 6 de março se leva o JP Morgan Chase a julgamento por ocultar informações dos reguladores dentro de uma investigação mais ampla sobre compra de uma rival menor pelo Banca Monte dei Paschi di Siena, disseram fontes judiciais nesta terça-feira.

Os promotores alegam que JP Morgan sonegou informações dos órgãos reguladores italianos sobre financiamento de cerca de 1 bilhão de euros que concedeu para a aquisição do banco regional Antonveneta em 2008 pelo Monte Paschi.

O juiz também decidirá se enviará a julgamento sete pessoas, incluindo ex-gerentes do Monte Paschi Giuseppe Mussari e Antonio Vigni, por obstruir informações dos reguladores, manipulação de mercado e falsificação de documentos.

JP Morgan, Mussari e Vigni negaram todas as acusações.

(Reportagem de Silvia Ognibene)