Inflação anual da Alemanha desacelera inesperadamente em outubro

quarta-feira, 30 de outubro de 2013 11:23 BRST
 

BERLIM, 30 Out (Reuters) - A inflação anual da Alemanha desacelerou de modo inesperado para 1,2 por cento em outubro, ante 1,4 por cento no mês anterior, permanecendo bem abaixo da meta do Banco Central Europeu (BCE) para a zona do euro, mostraram dados preliminares nesta quarta-feira.

O resultado ficou abaixo da expectativa em pesquisa da Reuters com economistas para uma leitura inalterada de 1,4 por cento, e ficou inferior até mesmo à estimativa mais baixa, de 1,3 por cento. O BCE tem meta para a inflação de próxima, porém logo abaixo de 2 por cento.

A desaceleração deveu-se amplamente ao custos menores de energia em comparação com outubro de 2012, informou a agência de estatísticas do país.

O custo de vida caiu 0,2 por cento na comparação mensal.

Os preços ao consumidor harmonizados para comparação com outros países da União Europeia recuaram 0,2 por cento na base mensal e mostraram ganho anual de 1,3 por cento.

Os dados finais dos preços na Alemanha referentes a outubro serão divulgados em 12 de novembro, acrescentou a agência.

(Reportagem de Michelle Martin e Sarah Marsh)