Reguladores dos EUA dizem que bancos que terceirizam atividades enfrentam riscos

quarta-feira, 30 de outubro de 2013 13:07 BRST
 

WASHINGTON, 30 Out (Reuters) - Reguladores dos Estados Unidos alertaram os bancos nesta quarta-feira a observar práticas de risco de empresas terceirizadas, contratadas pelas instituições para fazer atendimento ao cliente e outras atividades.

"Nós temos preocupações sobre a qualidade da gestão de risco sobre o volume crescente, diversidade e complexidade das relações dos bancos com terceiros, tanto estrangeiros como nacionais", disse o Controlador da Moeda, Thomas Curry, em um comunicado.

Reguladores têm alertado sobre os contratos dos bancos com fornecedores e outros acordos comerciais com empresas externas por mais de um ano.

Em junho de 2012, o Escritório do Controlador da Moeda (OCC, na sigla em inglês) e o Bureau de Proteção Financeira do Consumidor multaram o Capital One Financial após funcionários de um call center externo terem induzido consumidores ao erro sobre alguns produtos de cartão de crédito.

O OCC disse que os bancos devem elaborar um plano que relacione os riscos potenciais das atividades de terceiros e explicite como as instituições irão selecionar e fiscalizar os fornecedores.

As diretrizes também pedem que bancos conduzam revisões de práticas de gestão de risco, apontem responsáveis para supervisionar funcionários e monitorem o desempenho de terceiros.

(Reportagem de Emily Stephenson)