Lucro da Shell cai por altos custos, setor de refino fraco e Nigéria

quinta-feira, 31 de outubro de 2013 08:59 BRST
 

LONDRES, 31 Out (Reuters) - O lucro da Royal Dutch Shell no terceiro trimestre veio abaixo das projeções de analistas nesta quinta-feira, conforme fracas margens de lucro de refino, custos de produção mais alto e interrupções da produção na Nigéria pesaram sobre o desempenho.

O lucro no terceiro trimestre excluindo itens identificados e baseado no custo atual de abastecimento alcançou 4,5 bilhões de dólares, em comparação a uma faixa de previsões de 4,9 bilhões a 5,1 bilhões de dólares, e uma queda em relação aos 6,6 bilhões de dólares no ano passado.

O grande declínio no lucro da Shell foi puxado pelas condições significativamente mais fracas da indústria de refino, algo muito salientado pela empresa e por outras do setor.

Custos mais altos tanto em produção quanto em prospecção na unidade principal de óleo e gás também foram um importante fator, em conjunto com impactos na produção derivados de atividades de manutenção e substituição de ativos.

As interrupções na Nigéria custaram à Shell 65.000 barris por dia em produção. A produção total de óleo e gás para o trimestre foi de 2,931 milhões de barris de óleo equivalente, uma queda de 2 por cento ante o mesmo período do ano passado.

(Por Andrew Callus)