OGX diz que acordo com Petronas deve ir para arbitragem

quinta-feira, 31 de outubro de 2013 13:40 BRST
 

SÃO PAULO, 31 Out (Reuters) - A endividada petroleira OGX, que entrou com pedido de recuperação judicial, informou nesta quinta-feira que um acordo com a malaia Petronas para venda de participação em uma área da Bacia de Campos "provavelmente vai gerar processo arbitral para resolução da questão".

A OGX, controlada pelo empresário Eike Batista e com dívidas de 11,2 bilhões de reais, firmou meses atrás acordo para vender 40 por cento de dois blocos de exploração de petróleo à Petronas por 850 milhões de dólares.

A transação ainda não foi concluída e em agosto a Petronas informou que aguardaria a reestruturação da dívida da OGX para dar prosseguimento ao negócio.

(Por Cesar Bianconi)

 
Eike Batista participa de painel de discussão em Beverly Hills, Estados Unidos. A endividada petroleira OGX, que entrou com pedido de recuperação judicial, informou nesta quinta-feira que um acordo com a malaia Petronas para venda de participação em uma área da Bacia de Campos "provavelmente vai gerar processo arbitral para resolução da questão". 30/04/2012. REUTERS/Mario Anzuoni