Glencore supera previsões de cobre; metais impulsionam vendas

quinta-feira, 31 de outubro de 2013 11:32 BRST
 

LONDRES, 31 Out (Reuters) - A Glencore Xstrata superou as previsões do mercado com uma produção de cobre que subiu mais de um terço no trimestre, impulsionada por melhoras em suas minas no Congo e no Chile, e os metais ajudaram a divisão de vendas a ter um desempenho "em linha" com as expectativas.

A produção de cobre e carvão representa mais de dois terços do lucro no setor industrial dos negócios da Glencore, e a produção de ambas as commodities subiu no trimestre e nos nove meses até o final de setembro --compensando uma esperada fraqueza no níquel e no zinco, cujas minas, envelhecidas ou onerosas, fecharam.

A Glencore Xstrata tem a maior exposição ao cobre dentre as diversas mineradoras, informou que a produção total de cobre --segundo dados de suas próprias fontes-- subiram para 412.900 toneladas no terceiro trimestre. Somente a produção africana subiu 30 por cento.

"O cobre, o carvão e o petróleo se beneficiaram de um crescimento de projeto maior que o esperado, e a meta para 2013/14 parece altamente viável", disseram analistas do Credit Suisse em uma nota, acrescentando que a média da produção do grupo está de 2 a 3 por cento acima de suas estimativas.

A Glencore não deu muitos detalhes sobre o desempenho de seu braço de vendas, que representa uma fatia menor de somente cerca de um quinto dos lucros do grupo desde a fusão com a Xstrata --mas disse que a rentabilidade ficou "amplamente em linha com as expectativas."

"Os Metais e energia permanecem os mais fortes, mas também estamos testemunhando uma melhoria no desempenho agrícola", disse a empresa nesta quinta-feira.

(Reportagem de Clara Ferreira-Marques)