Receita da Avon no 3º tri cai e recuperação fica estagnada

quinta-feira, 31 de outubro de 2013 12:58 BRST
 

NOVA YORK, 31 Out (Reuters) - A Avon Products Inc divulgou resultados trimestrais mais fracos que o esperado na quinta-feira, com outra grande queda de vendas na América do Norte e um enfraquecimento em mercados em crescimento como o México e a Rússia interrompendo a recuperação da companhia de produtos de beleza.

As receitas caíram 7 por cento para 2,26 bilhões de dólares enquanto que analistas de Wall Street esperavam 2,44 bilhões, de acordo com o Thomson Reuters I/B/E/S.

Durante o trimestre, a Avon vendeu 7 por cento menos produtos, e o número de representantes de vendas caiu 3 por cento, depois de mostrar sinais de estabilização ainda em 2013.

A queda mais pronunciada foi na América do Norte, onde a receita caiu 19 por cento, e seu exército de representantes de vendas Avon Ladies diminuiu em 16 por cento, na comparação com um ano antes. No México, as vendas caíram 5 por cento em parte devido a descontos agressivos oferecidos por concorrentes, enquanto a Avon subiu seus preços.

Um destaque positivo foi o Brasil, o maior mercado da Avon, onde as vendas cresceram 13 por cento.

A Avon divulgou perdas líquidas de 5,5 milhões de dólares, ou 0,01 dólar por ação, ante lucro de 31,6 milhões de dólares, ou 0,07 dólar por papel, um ano antes. O lucro líquido ajustado alcançou 0,14 dólar por ação enquanto analistas queriam 0,19 dólar.

(Por Phil Wahba)