Atividade industrial da China acelera em outubro--PMIs

sexta-feira, 1 de novembro de 2013 07:17 BRST
 

Por Natalie Thomas

PEQUIM, 1 Nov (Reuters) - O setor industrial da China se fortaleceu mais em outubro, de acordo com pesquisas Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) nesta sexta-feira, embora sinais mistos em áreas importantes sugiram que uma recuperação na segunda maior economia do mundo será gradual.

A mensagem geral de estabilização é uma boa notícia para o governo, que prepara uma série de reformas econômicas na terceira reunião do plenário do Partido Comunista, de 9 a 12 de novembro.

O PMI oficial da China atingiu a máxima em 18 meses, de 51,4 em outubro, superando a expectativa de 51,2 em pesquisa da Reuters. A leitura final do PMI do HSBC/Markit subiu para a máxima em sete meses, de 50,9.

Ambas as pesquisas ficaram acima da marca de 50 que separa crescimento de contração, mas deram leituras diferentes sobre novas encomendas e novas encomendas de exportação --queda no PMI oficial e alta no PMI do HSBC/Markit.

"Os dados do PMI para outubro mostram um aumento contínuo, indicando estabilização preliminar na economia", disse Zhang Liqun, economista do instituto de pesquisa Centro de Pesquisa de Desenvolvimento, em comunicado divulgado junto com o PMI oficial.

"A fundação para uma recuperação ainda não é sólida", disse Zhang, destacando que os subíndices de encomendas, estoques e preços de compra recuaram, "deixando claro que as empresas ainda estão cautelosas com o cenário futuro."

O PMI oficial é voltado mais para empresas maiores e estatais, enquanto a pesquisa do HSBC/Markit foca em empresas menores e do setor privado.