Produção industrial do Brasil sobe 0,7% em setembro, mas fica abaixo do esperado

sexta-feira, 1 de novembro de 2013 10:28 BRST
 

Por Rodrigo Viga Gaier e Camila Moreira

RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO, 1 Nov (Reuters) - A produção industrial brasileira recuperou-se de dois meses de fraqueza ao avançar 0,7 por cento em setembro na comparação com agosto, com impulso do segmento de bens de capital, mas ainda assim ficou abaixo do esperado.

Na comparação com setembro de 2012, a produção avançou 2,0 por cento, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Pesquisa da Reuters apontava na mediana alta de 1,20 por cento na comparação mensal e avanço de 2,80 por cento ante o mesmo mês do ano passado.

A produção brasileira voltou crescer após ter estagnado em agosto e recuado 2,4 por cento em julho na comparação mensal.

Em setembro, o destaque ficou para a categoria Bens de Capital, medida de investimento, que avançou 4 por cento ante agosto e 24,1 por cento ante o mesmo período de 2012.

O segmento de Bens Intermediários ficou estagnado na comparação mensal e apresentou avanço de 0,4 por cento ante setembro do ano passado.

Por outro lado, a categoria Bens de Consumo recuou 0,2 por cento ante agosto, pressionado pela queda de 1,4 por cento na produção de semiduráveis e não duráveis, terceiro mês seguido de resultado negativo e que anulou parte da alta de 2,3 por cento em duráveis. Ante setembro de 2012, a produção de bens de consumo teve queda de 0,9 por cento.

VEÍCULOS   Continuação...

 
Funcionário monta automóvel da Ford em linha de montagem em fábrica em São Bernardo do Campo, 13 de agosto de 2013. A produção industrial brasileira recuperou-se de dois meses de fraqueza ao avançar 0,7 por cento em setembro na comparação com agosto, com impulso do segmento de bens de capital, mas ainda assim ficou abaixo do esperado. 13/08/2013 REUTERS/Nacho Doce