Gazprom Neft e Surgut fazem produção de petróleo bater recorde na Rússia

sábado, 2 de novembro de 2013 13:52 BRST
 

SÃO PAULO, 2 Nov (Reuters) - Os aumentos nas produções da Gazprom Neft e da Surgutneftegas elevaram a produção total de petróleo da Rússia, a maior do mundo, a um novo recorde no período pós-União Soviética, para 10,59 milhões de barris por dia em outubro, informou neste sábado o Ministério da Energia.

O valor é 0,6 por cento maior do que os 10,53 milhões de barris por dia de setembro. Em toneladas, a produção da Rússia chegou a 44,77 milhões no último mês.

O volume fica acima dos 10 milhões de barris por dia da produção do último mês da Arábia Saudita, maior exportadora do mundo. Mas, de acordo com a Agência Internacional de Energia, órgão ocidental que acompanha a produção, os EUA passarão a Rússia no próximo ano como maior produtor.

A Rússia tem o objetivo de produzir pelo menos 10 milhões de barris por dia nesta década, e introduziu algumas isenções de impostos para a produção de "petróleo apertado", vista como a próxima fonte de crescimento da produção depois que as reservas na Sibéria Ocidental, coração da produção nacional, tornaram-se cada vez mais escassas.

A produção de petróleo e gás é a base a economia russa e gera mais da metade da arrecadação do Estado.

(Por Vladimir Soldatkin)

 
Funcionários trabalham em equipamento na refinaria de petróleo da Gazprom Neft em Moscou, Rússia. Os aumentos nas produções da Gazprom Neft e da Surgutneftegas elevaram a produção total de petróleo da Rússia, a maior do mundo, a um novo recorde no período pós-União Soviética, para 10,59 milhões de barris por dia em outubro, informou neste sábado o Ministério da Energia. 20/09/2012 REUTERS/Maxim Shemetov