Bullard, do Fed: não há pressa para reduzir estímulo devido à inflação

segunda-feira, 4 de novembro de 2013 11:57 BRST
 

WASHINGTON, 4 Nov (Reuters) - O Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, não deveria apressar a decisão sobre reduzir seu programa de compras de ativos devido ao nível baixo de inflação, afirmou nesta segunda-feira o presidente do Fed de St. Louis, James Bullard.

"Para mim, não é preciso ter pressa por causa da inflação baixa", disse Bullard à CNBC.

Bullard, que na semana passada votou a favor da manutenção da campanha de compras mensais de títulos do Fed em 85 bilhões de dólares por mês, afirmou que quer ver a inflação avançar na direção da meta de 2 por cento do banco central antes de reduzir as compras de títulos.

A inflação está mais perto de 1 por cento, destacou ele.

(Reportagem de Alister Bull)

 
Presidente do Federal Reserve de St. Louis, James Bullard, durante entrevista à Reuters em Boston, nos EUA. O Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, não deveria apressar a decisão sobre reduzir seu programa de compras de ativos devido ao nível baixo de inflação, afirmou Bullard nesta segunda-feira. 2/08/2013. REUTERS/Brian Snyder