Tombini: política monetária deve continuar "especialmente vigilante"

segunda-feira, 4 de novembro de 2013 17:20 BRST
 

FORTALEZA, 4 Nov (Reuters) - O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, reforçou nesta segunda-feira que a autoridade monetária tem de permanecer "especialmente vigilante" no combate à alta dos preços.

"O Banco Central do Brasil tem agido para fazer com que a variação dos índices de preços observada nos últimos 12 meses seja percebida pelos agentes econômicos como um processo de curta duração. Dessa forma, a persistência da inflação tende a diminuir", afirmou Tombini durante abertura do V Fórum sobre Inclusão Financeira, em Fotaleza.

"Entretanto, para que a inflação observada nos últimos 12 meses efetivamente se revele um processo de curta duração, a política monetária deve se manter especialmente vigilante", acrescentou.

Durante sua fala, o presidente do BC disse também que o controle da inflação ajuda a estimular confiança e investimentos.

(Reportagem de Luciana Otoni; Texto de Patrícia Duarte)