Secretário de energia de SP se reúne com Lobão na próxima semana sobre Cesp

terça-feira, 5 de novembro de 2013 10:37 BRST
 

SÃO PAULO, 5 Nov (Reuters) - O secretário de Energia de São Paulo José Aníbal se reunirá na próxima terça-feira com representantes do Ministério de Minas e Energia, incluindo o ministro Edison Lobão, para conversar sobre a indenização que a Cesp tem a receber pelos investimentos não depreciados na hidrelétrica Três Irmãos, cuja concessão não foi renovada pela geradora de energia paulista.

"Nós esperamos uma saudável conversa, muito objetiva e rápida", disse José Aníbal, a jornalistas, nesta terça-feira, após participar de abertura do 8o Congresso Internacional de Bioenergias, organizado pelo Grupo Cipa-Fiera Milano.

O governo do Estado de São Paulo, controlador da Cesp, calcula que a empresa tenha cerca de 3,8 bilhões de reais em indenização a receber por investimentos não depreciados na usina Três Irmãos, enquanto o governo federal calcula a indenização em cerca de 1,7 bilhão de reais.

Representantes da Cesp chegaram a se reunir com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) no mês passado para conhecer o cálculo que levou o governo federal a chegar no valor de indenização declarado.

"A EPE nos apresentou o número deles e nós achamos que são números nada convincentes. Não só (o valor) é metade como há omissões. Além de omitirem totalmente as eclusas, o canal e a fazenda, eles não consideram, por exemplo, os terrenos e a realocação da população, quando foi feita a usina", disse Aníbal.

A hidrelétrica Três Irmãos é operada pela Cesp, empresa que não concordou em renovar a concessão da usina no final do ano passado conforme regras estabelecidas pelo governo federal. O leilão para relicitar a usina está marcado para o início do ano que vem e a Cesp considera disputar a hidrelétrica.

(Por Anna Flávia Rochas)