Aneel aprova reajuste médio de 3,65% para Light

terça-feira, 5 de novembro de 2013 11:29 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira aumento médio de 3,65 por cento nas tarifas da distribuidora fluminense Light a partir do dia 7 de novembro. O reajuste impulsionava as ações da empresa para alta de mais de 4 por cento.

O aumento representa uma mudança substantiva em relação à proposta inicial da Aneel para a Light, apresentada em agosto, e que foi submetida à audiência pública, que era de uma redução média de 3,3 por cento.

O aumento foi calculado no âmbito da terceira revisão tarifária da empresa, que distribui energia para 11 milhões de pessoas em 31 municípios do Rio de Janeiro.

Para os clientes de baixa tensão, como as residências, o aumento será de 6,20 por cento, enquanto as indústrias pagarão 1,01 por cento a menos.

Às 11h26 as ações da Light subiam 4,01 por cento, para 21,02 reais, enquanto o Ibovespa tinha queda de 0,68 por cento.

(Por Leonardo Goy)