Dólar sobe quase 2% e encosta em R$2,30, de olho no Fed e fiscal

terça-feira, 5 de novembro de 2013 17:03 BRST
 

SÃO PAULO, 5 Nov (Reuters) - O dólar saltou quase 2 por cento nesta terça-feira, caminhando para 2,30 reais, com investidores preocupados com a piora no cenário fiscal brasileiro e cautelosos antes da divulgação de importantes dados econômicos nos Estados Unidos, que podem trazer sinais mais claros sobre os próximos passos da política monetária do país.

Com a escalada da moeda norte-americana, já começa a haver discussões em meio às mesas de câmbio de que o Banco Central brasileiro poderia aumentar a intensidade de suas intervenções nos mercados, de olho no impacto da valorização do dólar sobre os preços.

O dólar avançou 1,98 por cento nesta sessão, a 2,2893 reais na venda, após atingir 2,2946 dólares na máxima do dia. É a maior alta de fechamento para a divisa desde 21 de agosto, quando subiu 2,39 por cento, um dia antes de o BC anunciar seu programa de intervenções diárias no mercado.

Segundo dados da BM&F, o volume de negócios ficou em aproximadamente 1,5 bilhão de dólares.

(Por Bruno Federowski)